PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA

Bem Vindo à PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA
Bom dia, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA
VOCÊ ESTÁ EM: HOME / PE JULIANO OSVALDO DE CAMARGO /

Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa Nova a toda criatura!

Esta é a ordem que após a ressurreição Jesus dirigiu aos onze (Mt16,15), e esta tornou-se a alma da Igreja, podemos assim afirmar. Daí nasce o caráter da missão “ad gentes” da Igreja de Cristo. Esse agir missionário desdenha-se a partir do anúncio kerigmático de Jesus o Senhor. O apóstolo Paulo foi sem sombra de dúvidas, expoente significativo da missão e da vida da Igreja. Suas viagens missionárias são verdadeiro testemunho que parte de um encontro pessoal com o Senhor que leva à conversão. Converter-se a Cristo, ao Evangelho abraçar a cruz (At 9,3-30 22,6-11 26,12-18), e irmos a mares mais profundos, afim de que, lancemos as redes como afirma a Exortação Apostólica pós Sinodal Ecclesia in América.

Sei que este tempo de mudança de época as exigências da missão ainda é mais urgente. O fato da crescente indiferença de muitos em relação a Cristo e a Igreja, constitui-se hoje desafio a capacidade de amar e servir sem apegos e livres para exercermos o discipulado como aqueles que superam toda e qualquer forma de apego humano para tornarmo-nos presença de Deus no mundo. A Alma da Igreja é missionária! Por isso, não podemos impor barreiras para que o Evangelho seja anunciado como a Boa Noticia a iluminar os passos da humanidade nestes tempos tão difíceis. Cabe aos ministros ordenados, como também a multidão dos féis batizados a missão de Evangelizar. O Evangelho de Cristo não tem fronteiras, a missão é o mundo e os evangelizadores somos todos nós discípulos e missionários de Jesus Cristo para que N’Ele todos tenham vida, conforme o Documento de Aparecida. Cada um e todos devem assumir o propósito de testemunhar o Cristo crucificado e ressuscitado, assim como fez São Paulo: Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho (1Cor 9,16).

Este mês de outubro, conhecido como mês missionário traz em si riquezas magníficas. A festa de Santa Terezinha do Menino Jesus a 01 de outubro que ensina-nos a ser no coração da Igreja o Amor. São Francisco de Assis a 04 de outubro que ensina-nos o verdadeiro significado da opção preferencial da Igreja pelos pobres entre outros, Benedito o negro, e por fim a Virgem Mãe Aparecida a 12 de outubro.  Tudo isso no faz querer cada vez mais uma Igreja Missionária que ousa ir ao encontro de todos os filhos e filhas de Deus.

Porém, é necessário sair de uma atitude de conservação e arrojar, lançar-se no serviço do Evangelho e da vida. Ser missionário é sem sombra de dúvidas vivermos com intensidade o próprio batismo. Assim vivermos como profetas, sacerdotes e reis. Ide é uma ordem para ontem, para hoje e para sempre. Sejamos todos missionários do Reino. Amém!


Pe. Juliano Osvaldo de Camargo


Veja Também


Morte, Fim ou Meio?
Cruz e Vitória
evangelho-marcos-1615.jpg